Para conferir qualidade de vida aos animais de estimação que vivem em apartamentos, o espaço pet em condomínio é uma ótima opção para entreter os moradores e garantir a diversão dos bichinhos.

Neste artigo, vamos falar sobre as vantagens do espaço pet em condomínio e como é possível administrar esse espaço, evitando conflitos e estabelecendo a ordem. 

Continue a leitura e confira!

Quais são as vantagens do espaço pet?

O espaço pet em condomínios é um diferencial que agrega valor aos condomínios e confere bem-estar aos animais de estimação.

Nestes ambientes, os animais podem interagir com outros pets e gastar energia, o que é benéfico para o comportamento dos bichinhos e ajuda a amenizar conflitos entre os animais e os vizinhos, em relação aos latidos e barulhos excessivos dentro dos apartamentos.

Os espaços pet (que também podem ser chamados de pet place ou pet center), além de serem benéficos para a saúde dos animais, também podem promover aproximação entre os moradores, sendo um excelente local para trocar ideias e fazer novas amizades. 

Guia Sin Gestão para combater a inadimplência

Como administrar o espaço pet em condomínio

Para que o espaço pet seja bem aproveitado e não ofereça problemas aos moradores, é preciso estabelecer algumas regras. Tais como: 

1 – Definir normas para uso do espaço

É importante estabelecer horários de uso e funcionamento, para que também tenha um período voltado para a manutenção do espaço.

Além disso, é preciso atentar para a questão da vacinação dos animais. É importante deixar claro que só poderão entrar no lugar os pets que estiverem com a vacinação em dia, exigindo a comprovação da vacina por parte dos donos.

2- Escolher um espaço para a limpeza e manutenção

É importante que o espaço pet seja um ambiente com instalações fáceis para a limpeza e manutenção constantes. 

Por isso, é preciso averiguar o melhor tipo de piso e pensar nas instalações que podem ser úteis, desaconselhando, por exemplo, a areia, que dificulta a higienização. 

3 – Instalar uma área para higienização do animal

Outra dica é instalar no espaço pet uma área específica para higienização do bichinho. Ali, o dono poderá lavar as patas e focinhos ou dar banho no animal antes de retornar ao apartamento. 

4 – Definir as responsabilidades pela higienização e manutenção do espaço

Para que haja entendimento, ordem e organização, é importante estabelecer e definir de quem serão as responsabilidades pela higienização e manutenção do espaço pet do condomínio.

Isso poderá ser definido junto com os moradores, em assembleia de condomínio, e deve ser monitorado, para que todos façam sua parte.

Cumprindo as regras básicas e estabelecendo o respeito, a convivência será mais próspera e harmoniosa e o espaço pet será ainda mais útil e prático para todos os envolvidos.

diferentes tipos de cachorro que podem estar em um espaço pet em condomínio

SIN auxilia a administração de espaço pet em condomínio

Para facilitar a comunicação entre síndicos e moradores, o SIN – Software de Gestão para Condomínios oferece a opção de envio de comunicados aos condôminos, que pode ser usada para informar sobre as regras ou atualizações que envolvam o uso do espaço pet em condomínio.

Faça um teste grátis e saiba mais!

ID - Banner - Blog


0 ComentáriosFechar comentários

Deixe um comentário

Cadastre-se na nossa Newsletter

Seja o primeiro a receber os nossos posts no seu e-mail

Prometemos não enviar spam :)